sábado, 23 de maio de 2015

Vinte e cinco


Já fui de todas as formas, de todas as maneiras, com todos os trejeitos, com todos os defeitos. Por vezes, partes contrárias e outras tantas, partes confusas de um só ser. Chata! Mimada! Insistente! Emburrada! Nervosinha! Falante! Inconstante! Mas também: Calma, coerente, amiga, tímida, calada, confusa, fechada...

E sempre que penso em 'quem sou eu', afinal? Ouço lá no fundo da alma, uma música (da banda O Teatro Mágico) que diz assim: "Eu não sei, na verdade quem eu sou..."

E é exatamente isso: Eu não sei!

Sou tantas. Sou nada. Sou isso.

Mais uma nesse mundo de incompreendidos que não compreendem a complexidade de simplesmente se descrever em palavras.

Há vinte e cinco anos, eu nascia. Destinada a ser mais uma. A caçula.

Estudei, fiz amigos, me formei. Ensino fundamental. Ensino médio. Dramas escolares adolescentes. A 'gótica' que só usava roupas pretas e queria ser a Amy Lee. Cantei no coral e sinto falta até hoje das viagens, dos encontros... Formatura de ensino médio: cantei! Passaram-se cinco anos sem saber o que fazer da vida. Tive algumas bandas de rock (duas). Hoje, estudante de jornalismo. E ainda me descobrindo, dia após dia. Noites mal dormidas tentando decifrar o que é a vida.

25.

Não mais vinte e ainda não trinta. Uma idade esquisita. Por vezes, ainda me sinto aos quinze, só que um tanto diferente. Não uso mais o cabelo comprido e preto azulado de antigamente. Não ouço mais as mesmas músicas pesadas que ouvia antigamente. Mudei. Bastante até! Superficialmente, externamente. Interiormente.

Fiz muito mais e verdadeiros amigos. Perdi um, muito querido. Que ano! E ainda estamos em meados de maio. O que mais vem por aí?

Ah, sim... a vida. Até onde ou quando, eu também não sei... então, vamos comemorar o hoje, porque aquele pensamento clichê é verdadeiro: não sabemos o dia de amanhã!

(Só pra constar, amanhã [hoje, 23 de maio] vou estar com os melhores, comemorando essa idade esquisita)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe comigo suas idéias! Comente.